segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Entendendo o MAPA - Resumo


Reinos:
  • Galiót/Kaliót (humanos - brancos): Galiót (capital), Menelót, Kelanót, Fazimbar, Arzenót, e Meridiana;
  • Aziót (elfos): Aziót Oriental, Aziót Ocidental, e Kaliel;
  • Mercantia (todas as raças): Mercantia (capital);
  • Zolkan (humanos – negros): Cidade dos Grifos, Arirnuma, Minuma, Sibiriót, Balistein, Azenrót, Fatinion, Barilula, Flaerún (capital), Bar-The, Bali, Órion, e Nabvcodagon;
  • Fathalla (todas as raças): Fathalla Oriental, Fathalla Ocidental, Fathalla Marítima, Cidade dos Deuses (capital), e Condado Vermelho;
  • Reinos Escuros de Tenebra (variadas raças noturnas): – sem dados;
  • Reinos Rochosos (anões): Aduráh, e Cidade das Pedras (capital);
  • Samntra (elfos negros): – sem dados;
  • Lordock (orcs): Malcavel (capital).




Reino mais rico: Zolkan.

Reino com melhor exército: Galiót.

Reino mais avançado: Fathalla.

Reino impenetrável: Reinos Rochosos.

Reino do comércio: Mercantia.


Informações:

Galiót e Aziót são inimigos mortais. Brigam por terras.

Zolkan e Galiót tem interesses conflitantes.

Reinos Escuros de Tenebra são governados por vampiros (que nunca são vistos, nem tomam partido em conflitos).

Reinos Rochosos tem boas relações com Galiót.

Fathalla é conhecido por sua excentricidade e liberdade religiosa.

Samntra não tem relação com nenhum reino, e poucos são os elfos que saem de lá.

Terras Geladas é quase inabitada, devido às baixas temperaturas. Possui grande quantidade de oricalco (metal mais valioso que o ouro).

As principais atividades econômicas de Meridiana são: atividades portuárias, e atividades mercenárias.

Reino de Zolkan é conhecido como “Reino da Magia”.

O Oásis de Kaliót, na prática, não pertence ao Reino de Galiót. Guizo Kaliót, nativo do deserto, se autonomeou Rei do deserto.

O Grande Deserto do Meio não pertence a reino algum. Poucos são os que se aventuram nessas terras.

Melitra, embora seja conhecida como “A Cidade dos Piratas”, pune com severidade aqueles que lá cometem crimes. Por isso, mesmo repleta de piratas, pode-se andar pelas ruas sem preocupações.


Gráfico:



Nenhum comentário:

Postar um comentário