segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Do coração da montanha ao coração do mago



Do topo da montanha com seu ultimo suspiro o paladino de Tauros joga seu machado. Descendo camuflado e imperceptível pelas aves que sobrevoam a região, chegando ao chão e atravessando o local mais fraco de um escudo arcano. 

O machado agora em chamas partiu ao meio o coração do mago.

Nesse dia nasceu a expressão 

“Do coração da montanha ao coração do mago”.

Nos mosteiros de Tauros essa estória é contada como uma disciplina, aqui na cidade flutuante, é apenas uma piada para descontrair durante as lições.


( Ark )

Um comentário: